RSS

Arquivos mensais: Janeiro 2012

O que você anda perguntando a si mesmo?

 
 
 
 
Há momentos em nossas vidas que não conseguimos entender o porquê de algum dos nossos planos não terem dado certo, não é verdade? Expectativas não correspondidas, sonhos que não se concretizam, desilusões causadas por aqueles que amamos, esperanças boicotadas…  
“Como resistir a tamanha dor?” – nos perguntamos nestes momentos…  “Como isto foi acontecer?” “ Por que tudo parece dar errado para mim?”
Estas e outras perguntas similares nos acometem vezes sem conta e perpetuam este ciclo de dor. São estas as perguntas que nos paralisam… Sua força em nos desmotivar, em nos levar a respondê-las com auto-depreciações são bandeiras vermelhas nos alertando a mudar o foco, a fazer “o giro” em nossa vibração como nos ensinam, sabiamente,  os Abraham.
Apesar da dor, mude o conteúdo de seus questionamentos. Perguntas geram respostas automaticamente. Se você fizer perguntas negativas obterá respostas negativas. Se fizer perguntas positivas obterá respostas obviamente positivas.
Assim, escolha fazer, a partir de agora,  novas e poderosas perguntas. Escolha fazer a si mesmo perguntas que o auxiliarão a sair do banco dos problemas e sentar-se, com elegância e merecimento, no delicioso Trono das Soluções. Faça a si mesmo perguntas que o movam, que o motivem a sacudir toda esta poeira e dar a volta por cima…
Ao invés de perguntar “por que isto aconteceu comigo” pergunte a si mesmo “como posso virar este jogo” ou “como posso fazer diferente da próxima vez?” Continue: “qual é o resultado que desejo e como posso fazê-lo acontecer?”
Vá além, explore suas potencialidades: “O que faço de melhor? Como usar estes talentos pessoais a meu favor nesta questão ou de uma próxima vez?” “De quais recursos internos e externos disponho para reverter esta situação?”
Finalizando: “o que há de bom nisto?” e  “qual será meu primeiro passo para reverter esta situação?”
Aprender a fazer perguntas positivas para si mesmo em momentos difíceis é desenvolver uma habilidade vital para o seu crescimento pessoal, para o sucesso que você tanto almeja.
Seja um expert em perguntas motivadoras, capacitadoras. E, claro, responda a cada uma delas
Você constatará, maravilhado, quantas soluções criativas surgem quando você cria e responde a perguntas capacitadoras. Você também constatará o quanto elas o tirarão da posição de vítima e o levarão a assumir uma nova postura. A postura de alguém que acredita em seu valor, em suas capacidades, utilizando-os, a partir daí, em benefício próprio.
Você deseja reverter uma situação desagradável? Escolhe sair do desencorajador “banquinho dos problemas”? Comece respondendo:
– Qual é a pergunta que você ira se fazer AGORA?

 

Luiza Gonçalves

 
 
 
 
2 Comentários

Publicado por em Janeiro 30, 2012 em Bordando Palavras